Formula Negócio Online

0
O sexo é sempre relacionado ao prazer, mas nem sempre é assim, já que algumas pessoas sentem fortes dores de cabeça por conta do orgasmo

Quando a relação vai esquentando e se aproxima do orgasmo, o prazer é provavelmente a única coisa que vem à mente. Infelizmente, para algumas pessoas, a dor interrompe a festa. Pelo menos um por cento dos adultos sofrem com um efeito colateral chamado cefalalgia coital, ou “dores de cabeça sexual”, que ocorrem antes, durante ou após o orgasmo.


Shutterstock
Dor de cabeça durante o sexo é um efeito colateral que atinge pelo menos um por cento dos adultos

Esse tal efeito colateral pode se manifestar de duas formas: a primeira é uma dor maçante na cabeça e no pescoço que se intensifica a medida que excitação sexual aumenta, enquanto a segunda forma é uma dor repentina, severa e palpitante que ocorre pouco antes ou no momento do orgasmo.

Alguns especialistas também acreditam que há uma terceira forma dessa condição se manifestar. “Seria uma dor de cabeça que ocorre após o sexo e pode variar de leve a extremamente dolorosa. A dor piora quando o paciente está de pé e diminui quando está deitada”, explica José Biller, neurologista e presidente do Departamento de Neurologia da Universidade Loyola Chicago Stritch School of Medicine.

Segundo informações do portal americano “Huffington Post”, algumas pessoas têm de lidar com esse problema por diversas vezes no sexo, e outras passam por isso apenas uma vez na vida. O problema é que quem tem essa experiência dolorosa não sente prazer quando atinge o orgasmo, mas a boa notícia é que mesmo sendo algo doloroso, geralmente isso não é perigoso.

Consequências 
Na maioria das vezes, as dores de cabeça associadas à atividade sexual são benignas, porém especialistas do Loyola Medicina Primer dizem que, em uma pequena porcentagem dos casos, essas dores estão associadas a algo mais grave, como hemorragia, aneurisma cerebral, acidente vascular cerebral (AVC) ou dissecção da artéria cervical.

Geralmente, nos casos graves as dores vêm acompanhadas de outros sintomas , como perda de consciência, vômitos, pescoço rígido e outros sintomas neurológicos. Fora que a dor intensa também costuma durar por muito tempo, chegando a incomodar por mais de 24h.

Possíveis causas
Para o especialista Carolyn Dean, é de três a quatro vezes mais provável que os homens sofram com esse fenômeno doloroso, pois eles costumam se exercitar mais durante o sexo. A baixa de açúcar no sangue também pode contribuir para essas dores de cabeça no sexo. Fora isso, o histórico de enxaquecas e uma deficiência de magnésio no organismo – que está ligada a dores de cabeça de modo geral – são outras possíveis causas.

Como evitar isso?
O que pode te ajudar a lidar com essas dores, de acordo com o especialista Ehsan Ali, são alimentos ricos em magnésio, como amêndoas e castanhas de caju, folhas verdes escuras, abacate, grãos integrais e ingerir menos álcool.

Vale ressaltar que o mais importante é consultar um médico quando identificar esse efeito colateral, pois mesmo que seja um caso benigno, é bom ouvir a opinião de um especialista e certifica-se se há ou não algum tratamento que possa ajudar a acabar com esse problema.

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário. Não publicamos neste blog comentários com palavras de baixo calão, denúncias levianas e troca de ofensas entre leitores.