Publicidade




0
Segundo a pesquisa, 36% dessas pessoas mal esperam o expediente acabar para consumar o ato e algumas delas não se deram bem; veja mais dados

Já parou para pensar sobre o que seus colegas de trabalho fazem quando têm um tempinho livre? Talvez eles deem uma olhada na vida dos amigos no Facebook ou usem o momento para responder a alguns e-mails pessoais, certo? De acordo com um estudo recente, alguns deles podem estar se masturbando, vendo pornografia ou até mesmo fazendo sexo no trabalho.


Shutterstock
De acordo com um estudo recente, uma a cada dez pessoas já fizeram sexo no trabalho

O estudo foi encomendado pela Yellow Octopus, rede australiana de lojas de presentes, brinquedos e eletrônicos, e fez descobertas interessantes sobre os hábitos das pessoas no trabalho. De acordo com os dados (chocantes) levantados, uma a cada dez pessoas já fez sexo no trabalho e quase metade já se masturbou no ambiente corporativo.

Detalhes do estudo

A pesquisa em questão foi aplicada a mil pessoas que foram questionadas a respeito dos segredos mais sórdidos que eles escondem a respeito do que realmente acontece no ambiente de trabalho. De início, os dados revelam quais hábitos as pessoas consideram mais ofensivos quando ocorrem no trabalho.

O hábito de masturbar-se no ambiente de trabalho é percebido como extremamente ofensivo para 47% das mulheres e 48% dos homens (em contraste com o hábito de comer a comida alheia, que desagrada apenas 8% das mulheres e 11% dos homens). No entanto, um a cada dez homens e 5% das mulheres que participaram da pesquisa já praticaram masturbação trabalho. Ainda mais chocante: 40% dessas pessoas afirmam ter se masturbado mais de seis vezes durante o decorrer da vida profissional.

Assistir a filmes pornográficos também é algo que pode estar acontecendo em um computador próximo ao seu. De acordo com a pesquisa, 3% das mulheres e 11% dos homens já fizeram isso ao menos uma vez. Conclusão? É mais comum que seus colegas de trabalho estejam se masturbando do que assistindo um filme adulto.


Shutterstock
36% das pessoas que já fizeram ou fazem sexo no trabalho mal esperam o expediente acabar. Haja coragem!

Os dados mais alarmantes levantados pelo estudo, porém, são os que abordam a questão do sexo no trabalho; de acordo com a pesquisa, uma a cada dez pessoas já transaram no ambiente onde trabalham. Dessas pessoas, 72% aguardaram até que o horário comercial acabasse, 17% fizeram antes mesmo que ele começasse e incríveis 36% tiveram coragem o suficiente para fazer sexo no meio do dia. O lado negativo (tanto para eles quanto para os colegas) é o de que 14% dessas pessoas foram pegas enquanto transavam no trabalho. Ops!

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário. Não publicamos neste blog comentários com palavras de baixo calão, denúncias levianas e troca de ofensas entre leitores.