Publicidade



0


Vilões, personagens que já se foram e mais. Escolhemos os melhores coadjuvantes adaptados dos quadrinhos da Marvel para os cinemas

“ Thor: Ragnarok ” estreia dia 26 de Outubro trazendo de volta um coadjuvante muito querido no Universo Cinematográfico da Marvel: Loki. O irmão vilão, filho rejeitado e causador de destruição tem um charme que te faz quase querer torcer por ele. Quase. Parte disso é mérito do próprio ator, Tom Hiddleston , porém a equipe chefiada por Kevin Feige investiu no personagem, que caminha de vilão para herói. Mas Loki não está sozinho. Entre personagens que já se foram, os mal aproveitados e ótimos vilões, selecionamos os 10 melhores coadjuvantes da Marvel:

Loki


Divulgação
Loki é o melhor coadjuvante da Marvel no cinema e já participou de três filmes da franquia

O personagem de Tom Hiddleston é provavelmente o maior coadjuvante dos filmes da Marvel e um dos mais queridos – mesmo sendo um vilão. Ele ocupou o papel de antagonista em “Thor” e “Os Vingadores”, sendo responsável pela destruição de NY. Sedento por poder e com inveja do irmão, Loki faz de tudo para destruir Thor (Chris Hemsworth). Seu personagem cresceu muito em popularidade e, aos poucos, ele deixa de ser um vilão, mesmo que não possa ainda ocupar o posto de herói. Em “Thor: O Mundo Sombrio” ele se uniu ao irmão e em “Thor: Ragnarok”, o mesmo deve acontecer. Loki já está confirmado em “Guerra Infinita” onde deve apoiar os heróis na luta contra Thanos (Josh Brolin).

Mercúrio


Divulgação
Mercúrio é um personagem tão interessante que foi adaptado da Marvel pela Disney em "Os Vingadores" e pela Fox em "X-Men"

O personagem tem muita história nos quadrinhos. O personagem participa de diversos arcos diferentes, tanto com " Os Vingadores ” quanto com os “X-Men”. Seus poderes são tão interessantes que ele foi disputado no cinema. Tanto a Fox dos “X-Men” quanto “Os Vingadores” da Disney decidiram dar vida a Mercúrio. Entre os Mutantes ele foi interpretado por Evan Peters e se encaixava na história de Apocalypse, onde era filho de Magneto (Michael Fassbender). Já entre os heróis ele era o irmão-gêmeo de Wanda Maximoff (Elizabeth Olsen) e, ao lado da irmã, buscava vingança contra Tony Stark (Robert Downey Jr.). O mais interessante do personagem é sua habilidade: extremamente rápido, ele gera boas cenas com efeito visual incrível.

Vespa


Divulgação
Os dias de coadjuvante de Hope van Dyne estão contados, mas ela foi ótima em "Homem-Formiga"

Os dias de coadjuvante de Hope van Dyne estão chegando ao fim. Na continuação de “ Homem-Formiga ” ela assume de vez a identidade de Vespa, já previsto no final do primeiro. A heroína vai vestir a roupa que um dia foi de sua mãe, a Vespa original, interpretada por Michelle Pfeiffer. Mas, até a estreia de “Homem-Formiga e a Vespa” em 2018, ela ainda é a responsável por treinar Scott Lang, além de ressentir o pai por não ser ela a portadora da roupa que encolhe que o pai, Hank Pym (Michael Douglas), desenvolveu.

Ultron


Divulgação
O vilão Ultron tinha o charme de James Spader e foi um dos pontos altos de "Era de Ultron"

Ultron (James Spader) é um bom personagem por vários motivos. Um deles é a voz de James Spader, que oferece uma humanidade para o robô. Outro aspecto é que, inicialmente, ele era um projeto do próprio Tony Stark , que criou uma tecnologia tão avançada que ela se rebelou contra ela. A clássica “revolução das máquinas” entra em curso pelo vilão que consegue racionalizar até mesmo seu desejo de acabar com a raça humana.

Yondou


Divulgação
Um dos vilões do primeiro "Guardiões da Galáxia", ele se transformou no herói do segundo

Yondu (Michael Rooker) foi de um fora da lei vingativo no primeiro “ Guardiões da Galáxia ” a uma figura paterna do bem no segundo. Inicialmente um mercenário que fez da vida de Peter Quill (Chris Pratt) um inferno na infância, ele se mostra um homem de princípios, que decide quebrar o maior código dos fora-da-lei para proteger o menino de seu pai. É interessante ver essa transformação do personagem, que vai de coadjuvante a um dos principais, com uma história bem desenvolvida.

Pepper Potts


Divulgação
Mal aproveita no Universo dos filmes da Marvel, Pepper Potts é uma ótima coadjuvante de "Homem de Ferro"

Pepper Potts ( Gwyneth Paltrow ) sempre foi mais do que só uma assistente de Tony Stark. Porém, a personagem também ganha mais substância ao longo da série, culminando em “Home de Ferro 3”, onde ela é essencial na trama, principalmente fazendo Tony questionar seu papel como Homem de Ferro. Por algum motivo, no entanto, a personagem não é bem aproveitada fora desse universo. Talvez por não chegarem em um acordo com a atriz, que não assinou por vários filmes como outros protagonistas,  Paltrow não retornou para “Era de Ultron” ou “Guerra Civil”, e só surgiu (bem rápido) em “ Homem-Aranha : De Volta ao Lar”.

Falção


Divulgação
Falcão conquistou o público e virou o braço direito do Capitão América na franquia

Sam Wilson (Anthony Mackie) é apresentado aos filmes em “ Capitão América : o Soldado Invernal”, quando Steve Rogers (Chris Evans) está justamente questionando as autoridades a que serve. Sem saber em quem confiar, Rogers se vê cercado e sem amigos. É assim que ele procura Sam Wilson que o apresenta a uma tecnologia pouco conhecida, testada por ele em seu tempo no exército. Agora ao lado do Capitão América, ele se tornou seu amigo e parceiro de batalha.
Mackie está ótimo no papel, sabendo dosar comédia com o papel de número dois de Steve, sem perder sua importância ou servir exclusivamente aos propósitos do Cap. Prova disso é o bom momento que ele tem em “Homem-Formiga”, ao batalhar com um ser que ele não consegue nem ver.

Bucky Barnes– O Soldado Invernal


Divulgação
O vilão que sofreu uma lavagem cerebral conta com o amigo Steve Rogers para defendê-lo e ainda pode se tornar o Capitão América

Bucky ( Sebastian Stan ) aparece logo no primeiro filme do Capitão América, como o melhor amigo de Steve Rogers. Os dois lutam lado a lado na guerra quando um acidente faz Rogers crer que seu amigo morreu. Na sequência da história do Capitão, porém, Steve descobre que, não só seu amigo está vivo, como foi convertido em uma arma pela Hydra. Bucky tem ganhado mais importância a cada filme e em “Guerra Civil” é basicamente o motivo da treta entre Capitão América e Homem de Ferros (e amigos). Caçado pelo governo, por parte dos Vingadores e pelo Pantera Negra (Chadwick Boseman), Bucky recebe apoio do Capitão, que compra sua briga e tenta defende-lo. É possível que o personagem ganhe ainda mais espaço nos próximos filme. Com o contrário de Chris Evans chegando ao fim após “Guerra Infinita”, o personagem é o mais cotado para substituí-lo como Capitão América, assim como acontece em uma das séries dos quadrinhos. 

Groot


Divulgação
Groot conquistou o público no primeiro "Guardiões da Galáxia", e dominou o coração de todos no segundo

Ok, ok. O Groot é uma árvore que só sabe falar uma frase. Mas, mesmo sem ter um raciocínio profundo, o personagem rouba a cena nos dois filmes dos heróis espaciais. Sua lealdade é admirável e ele se dispôs a se sacrificar para salvar os amigos. O resultado foi um Groot bebê que ganhou todos os corações em “Guardiões da Galáxia Vol. 2”. Sim. A árvore é um dos melhores coadjuvantes da Marvel no cinema!

Hela


Divulgação
Hela ainda não estreou nos cinemas, mas com Cate Blanchett a personagem deve ser uma ótima vilã

“Thor: Ragnarok” ainda nem foi lançado e já é um dos filmes mais aguardados do ano. Sob a supervisão do cineasta neozelandês Taika Waititi (em sua primeira incursão em um filme de grande orçamento), o filme parece disposto a aproveitar os melhores personagens, sem medo de se renovar. Os trailers já geraram grande expectativa, assim como a participação de Cate Blanchett como a vilã Hela O fato de vermos no trailer que ela destrói o martelo de Thor já mostra que ela será impiedosa e cruel, além de parecer se divertir como uma vilã. Se esse filme não for uma decepção, ela tem tudo para entrar no hall dos grandes coadjuvantes da Marvel.

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário. Não publicamos neste blog comentários com palavras de baixo calão, denúncias levianas e troca de ofensas entre leitores.